Hiperplasia Benigna da Próstata

Como é diagnosticada?

Para diagnosticar a HBP, o urologista começa por analisar o histórico clínico do doente para, em seguida, realizar um exame retal digital para fazer uma estimativa do tamanho da próstata e avaliar a presença de nódulos. São também realizadas análises específicas ao sangue e à urina, incluindo uma análise para avaliar o nível do antígeno específico da próstata (PSA) no sangue, e uma análise à urina para verificar a ocorrência de hemorragia ou a presença de infeção. Outros exames incluem a urofluxometria - um exame que mede o fluxo urinário para determinar se a bexiga está obstruída, a cistoscopia - um exame endoscópico para avaliar problemas na uretra, a ultrassonografia transretal da próstata – para obter uma imagem detalhada do formato e dimensão da glândula prostática, e um exame PVR – para medir o volume de urina residual na bexiga após a micção.

Talvez também lhe interesse