O que comer (e não comer) quando se tem uma próstata aumentada
Hiperplasia Benigna da Próstata

O que comer (e não comer) quando se tem uma próstata aumentada

É uma pequena glândula, do tamanho de uma noz, oculta por trás da bexiga. Durante o sexo, produz e emite um fluido, que contém substâncias importantes para ajudar a nutrir e a guiar o esperma. Estamos, obviamente, a falar da próstata. Este órgão que, com a idade, faz com que alguns sofram de "hiperplasia benigna da próstata," um aumento anormal do tamanho da glândula, que pode comprometer o seu funcionamento correto e pressionar a uretra impedindo o fluxo da urina. 

De acordo com um estudo publicado globalmente no Lancet em 2010, trata-se de uma situação bastante comum. A hiperplasia ou hipertrofia benigna da próstata (HBP) afeta cerca de 210 milhões de homens, cerca de 6% da população mundial. O funcionamento da próstata é regulado por várias hormonas sexuais, como a testosterona, que é convertida em outra hormona chamada diidrotestosterona (DHT). Se os níveis de DHT forem demasiado elevados, isso resulta num aumento do tamanho das células da próstata, resultando por último numa HBP. Um dos métodos possíveis de prevenir a doença e aliviar os sintomas depois de já existirem é através da dieta.

Muitos alimentos e bebidas têm um efeito direto na testosterona e nas restantes hormonas sexuais. Investigação científica recente descobriu que uma dieta composta primordialmente por carnes e laticínios aumenta o risco de sofrer de uma próstata aumentada e de cancro. Este risco aumenta se não existir uma componente vegetal (frutas e legumes) suficiente na dieta.

Em contrapartida, uma dieta rica em frutas e legumes e gorduras "boas" poderia ajudar a proteger a próstata. Alguns alimentos benéficos para a próstata são: o salmão (rico em ómega 3, que ajuda a prevenir e a reduzir a inflamação), os tomates (com elevado teor de licopeno, um antioxidante), as bagas (mirtilos, framboesas, amoras, que contêm uma grande quantidade de antioxidantes), os brócolos (que contêm sulforafano), as nozes (com elevado teor de zinco, que parece ajudar a equilibrar a testosterona e a DHT) e os citrinos (ricos em vitamina C).

Como foi referido, a carne (especialmente a carne vermelha e processada) e os laticínios devem ser consumidos com moderação.

Referências bibliográficas

Nicole Galan, RN - "What foods are good for an enlarged prostate?" - 2018 - https://doi.org/10.1007/s10508-017-0953-1

Years lived with disability (YLDs) for 1160 sequelae of 289 diseases and injuries 1990-2010: a systematic analysis for the Global Burden of Disease Study 2010 http://europepmc.org/backend/ptpmcrender.fcgi?accid=PMC6350784&blobtype=pdf

Talvez também lhe interesse