Relações Sexuais Durante o Confinamento: De que forma a COVID-19 alterou as nossas relações
Vamos falar sobre sexo

Relações Sexuais Durante o Confinamento: De que forma a COVID-19 alterou as nossas relações

FOCO: A impossibilidade de se afastar do seu parceiro

A Covid-19 mudou completamente o nosso quotidiano. Palavras como pandemia, confinamento e distanciamento tornaram-se comuns. Aprendemos a adaptar as nossas rotinas aos vários regulamentos impostos por esta emergência sanitária. Os peritos da Sociedade Europeia de Medicina Sexual são profundamente e bastante conhecedores destas questões. Um dos aspetos que estudaram foi sobre a coabitação forçada que ocorreu devido ao confinamento, ou dizendo de outra forma, a impossibilidade de se separar do outro após uma discussão. "Durante o confinamento", escrevem os cientistas, "os casais não podiam sair depois de uma discussão, mas também não conseguiam escapar nos momentos em que se sentiam cansados com o seu parceiro. Este tipo de situação pode intensificar e prolongar discussões e conflitos." Este distanciamento é útil para nos permitir compreender as nossas emoções negativas e expressá-las sem perder o controlo, aumentando a nossa consciência das nossas próprias necessidades e sentimentos.

As primeiras consequências da situação parecem ser evidentes, como se pode ver no número de violência doméstica nos diferentes países. Por exemplo, em França, desde março que se registou um aumento de 30% nos casos reportados de violência doméstica. Nas primeiras duas semanas do confinamento, os serviços telefónicos de emergência espanhóis para a violência doméstica receberam mais 18% de chamadas do que o normal. Nos Estados Unidos, a violência doméstica aumentou 35%, de acordo com as estimativas da NBC News. Então, o que deve ser feito? Durante estes tempos difíceis que enfrentamos, é necessário reiterar o "não" mais firme em relação à violência e sublinhar a importância do diálogo, da paciência, da empatia e da compreensão dentro do casal. E não tenha medo de recorrer a especialistas se não for capaz de encarar estas situações sozinho.

HFTHQ 20-56

Talvez também lhe interesse